Foupana: Walking-Safari

O Nordeste do Algarve e a região adjacente do baixo Alentejo são em conjunto as duas áreas mais desabitadas de Portugal.

Áreas estas, descaracterizadas em termos populacionais: com solos pobres e clima quente durante o verão que são contudo aproveitadas pelos caçadores oriundos de várias regiões do País e da Europa.

Apesar da aspereza dos solos xistosos e de ser comparável a um semi-deserto, existem nas margens das ribeiras pequenas hortas que subsistem de ” pegos” – que resistem às altas temperaturas do verão e teimam em permanecer com água.

A pastorícia de gado ovino e caprino é das poucas actividades que ainda são exercidas e o conhecimento das artes artesanais morre com os anciãos um pouco todos os dias.

Porém nem tudo corre mal.

É lar de lontras, veados, gamos, raposas, mangustos, doninhas, javalis, texugos e do lince-ibérico,  entre outros mamíferos.

Entre as aves encontramos espécies  exóticas  vindas de África  com cores magníficas como o abelharuco (Merops apiaster), o rolieiro (Coracias garrulus), o papa-figos (Oriolus oriolus), o noitibó-de-nuca-vermelha (Caprimulgus ruficolis) mas também residentes e migradores-residentes como a pega-azul (Cyanopica cyanus), a poupa (Upupa epops), o chapim-rabilongo (Aegithalos caudatus), o cortiçol-de-barriga-preta (Pterocles orientalis), o bufo-real (Bubo bubo), a águia-imperial (Aquila adalberti), a águia-real (Aquila chrysaetos) , o grifo (Gyps fulvus), o tartaranhão-caçador (Circus pygargus), o peneireiro-cinzento (Elanus caeruleus), apenas para enumerar algumas das muitas possibilidades de observação para os amantes da avifauna.

Nos cursos de água alguns peixes introduzidos como o chanchito (Australoheros facetos) ou a perca-sol (Lepomis gibbosus), oriundos das américas misturam-se com as espécies indígenas como o saramugo (Anaecypris hispanica), o bordalo (Squalius albornoides), o ruivaco (Chondrostoma oligotepis) ou a gambusia (Gambusia holbrouki).

Existe ainda uma boa representação de anfíbios e répteis que podem ser observados como a rã-de-focinho-pontiagudo (Discoglossus galganoi), a rã-verde (Rana perezzi), o cágado-mediterrânico (Mauremys leprosa) ou maior cobra da Europa: a cobra-rateira (Malpolon monspessulanus).

Ali está localizada uma das regiões húmidas mais importantes da Europa e um verdadeiro hot-spot de biodiversidade.

Os extensos canaviais (de cana-do-reino) ajudam a preservar a humidade e actuam como refúgio   e local de alimentação para todas estas espécies. Tal como um oásis, ali se  concentra a vida dentro e fora dos charcos para humanos e vida selvagem.

Para nós  simples visitantes, acampar e percorrer estas paragens, observar a natureza e ouvir os sons da noite é  uma experiência única que queremos partilhar com todos aqueles que querem conhecer o Algarve das velhas aldeias, antigos saberes, sabores tradicionais, e natureza intacta.

Por 2 a 5 dias venha connosco conhecer o Algarve profundo …. contacte-nos!

Wild South

Where time goes at it’s own pace

Foupana: Walking Safari

The Northeast Algarve and lower Alentejo are the two most uninhabited regions of Portugal.
These sparsly populated regions with poor soiland a very hot climate in the summer are used by hunters from all over Portugal and the rest of Europe.

Besides the roughness of the schist soils, comparative to a semi-desert, there exists along the river banks small gardens which survive on plunge pools so resistant to elevated temperatures in the summer that they always have water.

Cattle, sheep and goat farming are some of the activities still in use, but, unfortunately workmanship (craftsmanship) is dying out…

However not all is bad news…

It is home to Otters, red deers, bucks, foxes, mongooses, ferrets, boares, badgers, Iberian lynx amongst other mammels.

There are many birds from Africa with magnificant colours like the European Bee-eater (Merops apiaster), the Eurasian Golden Oriole (Oriolus oriolus) , the Red.necked Nightjar (Caprimulgus ruficolis), and also resident and migratory birds residents like the Azure-winged Magpie (Cyanopica cyanus), the Hoopoe (Upupa epops), the Long-tailed Tit (Aegithalos caudatus), the Black-bellied Sandgrouse (Pterocles orientalis), the Eurasian Eagle (Bubo bubo), the Spanish Imperial Eagle (Aquila adalberti), the Golden Eagle (Aquila chrysaetos), the Griffon Vulture (Gyps fulvus), the Montagu´s Harrier (Circus pygargus), the Black-winged Kite (Elanus caeruleus) mentioning just some of the vast possibilities of bird watching.

In the water courses, the Chameleon cichild (Australoheros facetos) and the pumpkinseed sunfish (Lepomis gibbosus) originally from Americas, mix with indigenous species like Jarabugo (Anaecypris hispanica), Calandino (Squalius albornoides), Ruivaco (Chondrostoma oligotepis), and Eastern mosquitofish (Gambusia holbrouki).

Various amphibions and reptiles can be seen like the Iberian painted frog (Discoglossus galganoi), the Iberian frog (Rana perezzi), the Mediterranean turtle (Mauremys leprosa), and the largest snake in Europe, the Montpellier snake (Malpolon monspessulanus).

A real hot-spot for biodiversityis located here in one of Europes most humid regions.

The extensive colonization of Giant Cane help preserve humidity and act as a refuge and feeding place for all species. Just like an oasis life buzzes in and out of the puddles for humans and wildlife.

Camping, roaming, observing nature and listening to the sounds at night for us, humble visitors is an unique experience we would like to share with all of you who search for a deeper insight to the Algarve, its old villages, wisdom, traditional tastes and untouched nature.

Come and meet the (deep) Algarve  for 2 to 5 days…
       

 contact us

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s